Blog

A história do churros

Consumido no café da manhã em muitos países, junto de xícaras quentes de chocolate ou café com leite e sem recheio, o churros só chegou ao Brasil em 1900. Quer saber mais sobre a origem do churros? Confira:

O churros, atualmente, é considerado um prato típico espanhol, mas sua origem é incerta. Ele existe há muitos séculos, alguns afirmam que os portugueses o trouxeram quando voltavam da China na época da dinastia Ming, enquanto outros dizem que foram os árabes que a trouxeram. Existe, também, a versão que afirma que foram pastores espanhóis que inventaram a receita por sua facilidade de preparo quando não conseguiam obter produtos de padaria quando viviam no alto das montanhas.

Ele não é só popular no Brasil, mas em toda a América Latina, França, Portugal, Estados Unidos, México, Venezuela, Colômbia e nas ilhas Caribenhas. Possui nome diferente em algumas regiões: em Sevilha é chamado de calentito, em Jaén de tallo e em Granada de tejeringo.

Em Cuba, é normal encontrar churros com recheio de fruta (a guava=goiaba), na Argentina, Peru, Chile e México com “dulce de leche” ou “cajeta” ou então chocolate e baunilha, e no Uruguai às vezes com queijo derretido.

 

Chegada ao Brasil

O alimento ganhou popularidade em São Paulo a partir de 1974, com a chegada de um estabelecimento de origem espanhola. De início, ele era comercializado em pedaços, e com a sugestão de clientes, tiveram a ideia de rechear com doce de leite. Com a grande aceitação, eles ampliaram para novos recheios e formatos.

Hoje eles se tornaram comuns, com a receita com recheio que é genuinamente brasileira, estão em diversos lugares e barracas, incluindo aqui na Delícia Lanches. São incríveis para serem oferecidos em festas e eventos.

Comentar

Seu e-mail não será publicado.